Responsibility

Histórias locais

Formação para oferecer empregos no futuro

A Anadarko e os participantes na Área 1 estão a apostar no recrutamento e no desenvolvimento de carreira de cidadãos moçambicanos em todas as fases de desenvolvimento do parque de GNL. À medida que o projecto avança, aumenta a necessidade de dispor de indivíduos qualificados e com formação para apoiar a construção da unidade de GNL e das instalações associadas. Em Março de 2013 foi criado um centro de formação na península de Afungi, no distrito de Palma, província de Cabo Delgado – o local do futuro parque de GNL. O centro de formação confere aptidões e competências aos membros da comunidade local, no âmbito do seu programa “Trabalhar Bem, Viver Bem”. Este programa serve como introdução ao “mundo do trabalho” e ao “mundo dos negócios”.

Os módulos de formação colocam a máxima ênfase na segurança. A formação incide também sobre a literacia funcional, as aptidões para a vida, a gestão das finanças pessoais, a sensibilização para as oportunidades de emprego relacionadas com o projecto e em empresas locais e a saúde pessoal e profissional.

Até ao final de 2014, participaram no programa de formação cerca de 1.100 membros comunitários, 40% dos quais mulheres. O centro de formação introduziu recentemente um programa de actualização para antigos formandos, destinado aos diplomados que estejam inscritos numa base de dados de mão-de-obra que é utilizada pelo projecto e pelos seus prestadores de serviços para preencher postos de trabalho em aberto. Até à data, foram contratados pelo projecto mais de 400 diplomados do programa de formação.

Conheça a história inspiradora de três mulheres do ramo das engenharias

Image: Training to Provide Jobs Now


Image: Training Future LNG Plant Operators

Formação para futuros operadores da unidade de GNL

Desde Março de 2013, a Anadarko admitiu mais de uma dúzia de jovens engenheiros e técnicos moçambicanos para participar num programa de formação abrangente e personalizado, desenvolvido para os preparar para o exercício de funções de liderança no futuro. Os temas da formação incluíram todos os aspectos sobre saúde e segurança, recolha e liquefacção de gás natural, operações da unidade de fabrico, gestão de projecto, liderança e conhecimentos da língua inglesa. Os formandos aprenderam sobre o GNL e sobre o sector do petróleo e gás em geral, tendo permanecido um período de tempo significativo na sede da Anadarko nos Estados Unidos. Os formandos visitaram ainda plataformas de águas profundas no Golfo do México, onde tiveram a oportunidade de trabalhar com mentores altamente experientes do sector. Além disso, receberam formação no Estado de Luisiana, participaram em conferências técnicas em vários pontos dos Estados Unidos e, durante 2015, continuaram a estudar os aspectos técnicos das operações de processamento na Universidade de Cape Breton, no Nordeste do Canadá.

Estes formandos são provenientes de diversas áreas disciplinares, incluindo a engenharia electrotécnica, mecânica e química, trabalharam em diversos sectores, tais como a mineração, a aviação e o fabrico, e representam diferentes províncias, incluindo Sofala, Inhambane, Manica e Cabo Delgado.

O programa de formação irá apoiar a segurança e eficácia do arranque, operação e manutenção da futura unidade de GNL e, simultaneamente, promover, desenvolver e manter o conteúdo nacional.


Reforço da sensibilização e das capacidades dos fornecedores

A Anadarko e os participantes na Área 1 estão actualmente a implementar um programa de desenvolvimento de fornecedores (PDF), com o objectivo de assegurar o acesso pelas empresas moçambicanas às oportunidades de negócio geradas pelo projecto. Os eventos de sensibilização para fornecedores realizados em vários pontos de Moçambique reúnem fornecedores locais, associações empresariais, organismos estatais e não estatais, instituições bancárias e representantes de empresas com o objectivo de, nos sectores visados, aumentar a sensibilização e promover a participação nacional em oportunidades de negócio relacionadas com o projecto. Simultaneamente, estes eventos actuam como uma plataforma de informação sobre os requisitos e os padrões contratuais exigidos para colaborar com o projecto.

Em resultado destas iniciativas, cerca de 1.000 empresas moçambicanas efectuaram o registo na nossa base de dados de fornecedores, um repositório central de fornecedores registados e aprovados em Moçambique dos sectores da engenharia civil, construção, armazenamento, restauração e transportes.

Saiba mais sobre as oportunidades de negócio e sobre o registo na nossa base de dados de fornecedores.

Image: Building Supplier Awareness and Capacity


Image: Building SME Capacity through Partnership

Reforço das capacidades das PME através de parcerias

Um grande número de pequenas e médias empresas (PME) moçambicanas gostaria de ter acesso a oportunidades de negócio relacionadas com o projecto, mas não possui experiência suficiente na prestação de serviços em grandes empreendimentos. O PDF reforça as capacidades das PME e permite-lhes dar resposta às necessidades de aprovisionamento do projecto.

Durante 2014, o PDF criou uma parceria com o Centro de Orientação ao Empresário da delegação (COrE) de Cabo Delgado, uma iniciativa do Instituto para a Promoção das Pequenas e Médias Empresas (IPEME). Através da parceria IPEME-COrE, o PDF ofereceu formação sobre planeamento empresarial, facturação, sistemas de gestão de software, princípios contabilísticos, saúde, segurança e ambiente (SSA) e aquisições e contratos, reforçando a capacidade das PME para aproveitar possíveis oportunidades de negócio.

Recentemente, a Anadarko também patrocinou um seminário sobre conteúdo nacional, organizado pelo Instituto Nacional do Petróleo (INP) em Maputo. O seminário contou com a presença de mais de 120 representantes nacionais e internacionais, incluindo representantes dos Ministérios da Energia, Planeamento e Desenvolvimento e Trabalho, bem como representantes do sector provenientes de outras nações produtoras de petróleo.

TOP